5 motivos pelos quais você não está conseguindo aprender piano

5 motivos pelos quais você não está conseguindo aprender piano

 

Aprender um instrumento musical, aprender teoria e já sair tocando as músicas preferidas não é fácil. É preciso ter disciplina e foco, mas isso nem sempre é suficiente.

Às vezes parece que uma parede invisível bate de frente e impede que possamos aprender alguma coisa.

Se isso estiver acontecendo com você, é hora de parar e avaliar os motivos pelos quais você não consegue aprender piano.

Por isso, hoje falaremos sobre 5 motivos pelos quais você não consegue aprender piano e como isso pode estar prejudicando você.

 

  1. Você pode ter escolhido o instrumento errado

 

Às vezes, deixamos a emoção falar mais alto. Você pode ter optado por um instrumento que gostava há muito tempo, mas pode ser que hoje não seja mais uma paixão.

 

Se você não está se sentindo motivado (a) mais a aprender, talvez seja hora de checar algumas outras opções e ver se encontra um instrumento mais adequado ao momento.

 

  1. Você pode estar estudando um material de baixa qualidade

Tocar Piano não é para qualquer um. Isso não significa que qualquer pessoa não possa aprender.

É claro que todos podem, mas o diferencial é o foco e a motivação.

Não só o material pode ser de baixa qualidade como também o método que você está utilizando para aprender um instrumento não é dos mais recomendados.

 

Existem diversos métodos em livros, apostilas ou mesmo em cursos online. Se você sente que o método que está utilizando não está surtindo muito efeito, experimente trocar de professor ou mesmo de método até encontrar um que desperte novamente o interesse que você tinha pelo instrumento.

 

  1. Você precisa se dedicar mais e não está fazendo isso

 

Pode ser também que o método que você utilize seja bom e que você realmente tenha interesse no instrumento que escolheu, mas não está se dedicando de verdade como deveria.

 

Aprender um instrumento musical não é fácil. Aprender a ler uma partitura menos ainda. Se você deixou de afinar o instrumento, faltou às aulas, deixou de treinar em casa ou se esqueceu de fazer os exercícios, então pode ser que o problema esteja na sua disciplina, ou na falta dela, no caso.

 

Se esse for o caso, você deve então criar um cronograma de estudos de aulas práticas e teóricas e seguir de verdade. Não adianta criar um cronograma perfeito e não seguir. Crie mais disciplina e se empenhe mais, porque só com esforço e prática se aprende a tocar um instrumento musical.

 

  1. O problema pode estar no instrumento

 

Mesmo que você seja apaixonado pelo instrumento e que esteja se dedicando às aulas, às vezes o instrumento pode não ser o mais adequado para o que você precisa e isso faz com que você não possa tirar o máximo de som dele.

 

É normal que isso aconteça quando a pessoa está começando as aulas. Ela ainda não sabe ao certo se é aquele instrumento que ela quer e opta por comprar a marca mais simples e barata do mercado.

 

Mas, como o tempo, ela acaba se apaixonando pelo instrumento, mas mesmo assim continua tocando aquele primeiro que comprou, sem investir em um melhor.

 

Se o instrumento não parece ser o mais adequado, é hora de buscar por outras marcas com outros timbres melhores.

 

  1. Não ter paciência o suficiente

homem tocando piano

Aprender um instrumento musical é uma das coisas que mais exige paciência. Se você simplesmente pular uma lição ou uma etapa achando que ela não é importante, poderá enfrentar consequências mais para frente.

 

Se você quer tocar de verdade um instrumento, tenha paciência. Se você não quer simplesmente arranhar e saber tocar uma coisinha ou outra, não pule nenhuma etapa. Suba degrau por degrau.

 

A pressa é o que faz muitas pessoas desistirem no caminho, já que a falta de paciência faz com que as coisas fiquem cada vez mais difíceis conforme o grau de dificuldade dos estudos aumenta.

 

Você se identificou com algum desses motivos? Então, comece a repensar o que você pode estar fazendo de errado para consertar isso o quanto antes!

Se você gostou do artigo de hoje, deixe a sua curtida abaixo, e não se esqueça de compartilhar o post em suas redes sociais. Até logo!